Quem se está a iniciar na jornada do marketing digital, tem como primeiro pensamento “Como criar um blog que seja bem-sucedido”.

E, se esse foi o seu caso, saiba que é o pensamento correto. Criar um site e incorporar no mesmo um blog, é o primeiro passo de uma estratégia de marketing de conteúdos bem-sucedida.

Mas, é importante desde já frisar que se não souber como fazer um blog, o melhor é contratar um freelancer ou uma empresa especializada.

Lembre-se que este espaço onde pode escrever para o seu público-alvo, é a base da sua estratégia digital. Se a sua base não for estável, tudo o resto poderá ter problemas.

Contudo, se está ainda a ponderar se ter um blog é efetivamente a escolha certa, iremos esclarecer.

Fazer um blog – É realmente importante para o meu negócio?

Um blog não é uma ferramenta que possa usar de forma leviana. O mesmo tem um enorme poder sobre toda a sua estratégia digital.

Numa altura em que todos nós fazemos pesquisas frequentes no Google, não tentar posicionar-se de forma orgânica é um tremendo erro.

Assim, descubra de seguida os principais motivos para investir na criação de um blog.

  • Permite mostrar-se como um especialista na sua área de atuação
  • Aumenta a notoriedade, visibilidade e conhecimento da marca
  • Tem um potencial ilimitado de crescimento
  • Permite a realização de otimização de motores de pesquisa
  • Permite-lhe gerar vendas online
  • Garante uma maior fidelização dos clientes
  • Vai ser a base de uma estratégia de Inbound Marketing
  • Pode criar uma comunidade (que poderá depois estender-se às redes sociais)
  • Facilita a criação de parcerias estratégias
  • Permite a otimização para vendas locais

Estas são apenas algumas das muitas vantagens de fazer um blog associado ao seu negócio. Mas, é importante que tenha algo em mente.

De nada lhe adianta ter um blog se não o alimentar frequentemente. Escrever um artigo a cada 6 meses ou escrever conteúdos que não geram interação, são práticas a evitar.

Agora que já sabe 10 motivos para investir na criação do blog, vamos explicar-lhe como pode efetivamente criá-lo. É um processo longo, mas vai a médio/longo prazo valer a pena.

Como criar um blog – Passo a passo até ao sucesso

Tal como já dissemos, criar um blog não é uma tarefa simples, fácil ou rápida, principalmente se não tiver conhecimentos na área.

Mas, fazê-lo irá ser extremamente benéfico para o seu negócio. Por isso, apresentamos-lhe um passo a passo para criar blog.

É importante frisar que no caso de o seu negócio já ter um site previamente construído, o blog deve fazer parte integrante do mesmo.

Caso contrário, veja as nossas dicas de seguida para começar do Zero!

1 – Escolher um bom domínio

escolher domínio

O domínio irá ser o nome e a morada online do seu blog. Por isso, o primeiro (e mais importante) passo é escolher o mesmo. 

É importante ter em mente que há alguns anos era importante o seu domínio ter a palavra-chave associada ao negócio.

Contudo, embora essa questão já não se coloque, é essencial que tenha alguns cuidados na escolha do nome.

  • Evite palavras confusas
  • Tente encontrar combinações simples de serem lembradas
  • Tenha em mente o objetivo do blog
  • O domínio e o título do blog não precisam ser iguais, mas devem ser semelhantes
  • A terminação do domínio deve ser adaptada ao seu target (para Portugal .pt, se quiser algo mais internacional deve optar pelo .com)

A par destas questões, existe um último ponto a considerar. Deve haver uma relação semântica entre o domínio e o tema do blog.

Se quer falar por exemplo sobre maquilhagem, não deve ter um domínio que remeta para a compra de meias.

Este é apenas um exemplo! E é um pouco descabido, exatamente para perceber onde é que queremos chegar com esta informação.

Acredite, não seria a primeira nem a última pessoa a cometer um erro destes.

Além disso, existem em Portugal imensas empresas onde pode realizar a compra do seu domínio. Na FindUp adquirimos os nossos domínios (e alojamento) na WebHS.

2 – Escolha do melhor alojamento

alojamento cpanel

O alojamento é tão somente o local onde o seu site irá ficar alojado. De forma simples é um servidor onde tudo aquilo que é colocado no seu blog, vai ficar implementado.

Para escolher um bom servidor, existem vários pontos a considerar, nomeadamente:

  • Suporte – Este é o ponto mais importante a considerar na escolha do serviço de alojamento. E porquê? Imagine que tem problemas com o blog! Quanto mais depressa for resolvidos melhor. Um bom suporte resolve o seu problema de forma rápida.
  • Feedback de outros utilizadores – Nada melhor que utilizar reviews de outros consumidores para ter uma noção mais clara sobre a qualidade do serviço prestado por todas as empresas que está a considerar.
  • Qualidade do domínio, armazenamento e largura de banda – Pense no seguinte: o blog vai ser um projeto pessoal? Vai representar todo o seu site e negócio? Vai ter outros projetos associados? Saber quais as suas necessidades, é essencial para escolher a opção que mais se adequa às mesmas. Em caso de dúvidas, fale diretamente com o suporte e peça esclarecimentos.
  • Painel de controlo – O painel de controlo dos sites é imprescindível. Opte por uma empresa que forneça o modelo Cpanel que é super simples e intuitivo de utilizar.
  • Serviços adicionais – Outra opção a ter em conta são os serviços adicionais de “um click install”. Basicamente trata-se de conseguir instalar o CMS (sistema de gestão de conteúdos) com um único click.

Estes são os 5 pontos mais importantes a considerar na escolha do alojamento/servidor para o seu blog.

3 – Escolher o Sistema de Gestão de conteúdos

CMS - wordpress

Quando falamos de CMS o mesmo é a plataforma que pode utilizar para criar um blog ou um site. Existem inúmeras opções, contudo as principais são:

  • WordPress
  • Wix
  • Square Space
  • Blogger
  • Joomla e Drupal

Todos eles têm vantagens e desvantagens, por isso, é importante que escolha com imenso cuidado a opção que irá utilizar.

Mas, o conselho que damos a todos os nossos clientes (e não só) é que optem por fazer um blog no WordPress.

Além de ser o CMS mais simples de ser utilizado, é também aquele que tem uma maior disseminação online (1 em cada 5 sites são criados em WordPress).

Isto acontece porque se trata de um software open source (ou seja, de código aberto) que permite a qualquer programador fazer o que quiser do mesmo.

4 – Proceder à instalação do seu CMS

instalar wordpress

Pois bem, agora que já fez a escolha (e vamos partir do pressuposto que seja o WordPress) está na altura de proceder à instalação do mesmo.

Na verdade, se escolheu um serviço de alojamento como é o caso da WebHS, a instalação é muito simples. Basta aceder ao seu cpanel e carregar no símbolo do WordPress.

Caso contrário e dependendo do serviço escolhido, poderá precisar de algum apoio mais especializado. Para isso, nada melhor do que encontrar uma empresa que lhe forneça todo o apoio nesse sentido.

Na FindUp temos alguns parceiros que podem ajudá-lo, a perceber como criar um blog. Assim, poderá sempre entrar em contacto connosco para o podermos encaminhar para quem de direito.

5 – O acesso ao dashboard

A partir do momento em que o seu WordPress estiver instalado, o aspeto será muito semelhante a este.

dashboard WordPress

A par disso, existem alguns pontos importantes a ter em mente. Os mesmos são:

  • Widgets – Os widgets são miniprogramas ou aplicações que são executadas diretamente. Ao colocar os mesmos no seu site, vai ser mais simples a configuração de algumas coisas que deseja que apareçam no blog.
  • Painel de administração – O lado esquerdo do dashboard inclui o painel de administração que vai precisar conhecer a fundo se quer saber ao certo como criar um blog de sucesso. Desse modo, os principais pontos a ter em mente são:
    • Atualizações
    • Artigos
    • Portfólio
    • Multimédia
    • Páginas
    • Comentários
    • Política de RGPD
    • Definições do tema
    • Plugins
    • Utilizadores
    • Ferramentas
    • Opções

Claro que podem existem muito mais opções do que estas que acabámos de apresentar. No entanto, tudo irá obviamente depender do que for instalando no seu novo blog.

6 – Escolher o design do seu novo blog

escolher um template

É impensável tentar explicar-lhe como criar um blog e não falar da escolha do design ou template do mesmo.

Para quem quer tentar criar um blog de raiz, o mais simples é a aquisição de um template editável. Neste caso, poderá aceder ao themeforest! Garantidamente irá encontrar algo que lhe agrade.

Mas, é muito importante que tenha alguns cuidados na hora de escolher o template que irá utilizar. Embora não consigamos indicar-lhe todos os pontos, os seguintes são um bom exemplo:

  • Tema deve ser responsivo
  • Analise as reviews de outros utilizadores
  • Verifique se o tema tem dado problemas ou se é simples de editar
  • Durante quanto tempo vai ter acesso ao suporte do tema
  • Quando é que o tema foi desenvolvido
  • Quando foi a última atualização
  • O tema tem o woocommerce instalado (essencial para quem quer ter um blog e uma parte de venda direta de produtos)
  • Design baseado na UX (experiência do utilizador)
  • Deve permitir a adaptação às suas necessidades

Estes são alguns pontos a considerar. Mas, voltamos a frisar, se não se sente capaz de desenvolver o seu blog ou site de raiz, fale com um web designer.

7 – Não se esqueça dos plugins

plugins

Outro ponto de extrema importância a ter em conta quando criar um site são os plugins. Embora possa parecer estranho, os mesmos podem efetivamente ser uma grande ajuda não só na otimização, como no desempenho do site.

Assim sendo, de seguida apresentamos-lhe alguns dos plugins imprescindíveis ao seu blog.

  • Google Analytics – Para monitorização do site
  • SEO by Yoast – Para ajudar a otimizar o SEO
  • reCAPTCHA – Para garantir que os preenchimentos são reais
  • Mailchimp ou SumoMe – Para campanhas de email marketing
  • ContactForm – Para criar formulários de contacto
  • WP Fastest Cache – Para limpar a cache do site
  • Autoptimize – Para otimização JS, CSS, HTML, imagens…
  • Cookie Consent – Permissão para a utilização de cookies
  • Really Simples SSL – Para implementação do Certificado de Segurança

Claro que existem muitos outros plugins que pode necessitar quando começar a criar um blog. Mas estes vão ser mesmo importantes.

8 – Começar a adicionar o seu conteúdo

produzir conteúdo

Agora que já sabe como criar um blog, chegou um dos pontos mais importantes (e frequentes). A publicação de conteúdos!

Sim, se quer efetivamente ter um blog de sucesso, vai ter de produzir conteúdo com alguma frequência. Mas, frisamos desde já. A qualidade dos seus conteúdos vai ser sempre mais importante que a quantidade.

Assim sendo, sabe como publicar e otimizar o seu primeiro blog post? Não!? Não se preocupe! Vamos dar-lhe algumas dicas de seguida.

  • O primeiro passo é escolher um título que seja chamativo e que suscite curiosidade no leitor
  • Não se esqueça de utilizar os cabeçalhos (principalmente o H2 e o H3)
  • A imagem destacada deve ser adequada à dimensão padrão do template
  • Coloque a categoria principal do seu posts
  • Coloque sempre várias tags que vão ajudar o seu post nos motores de pesquisa
  • Sempre que desejar, agende o post para uma data específica
  • Não se esqueça de otimizar o URL do seu conteúdo

Como vê, não são muitos os recursos que deve ter em conta quando criar um blog. Agora que já sabe como criar um blog de sucesso em apenas 8 passos, o que é que precisa saber mais?

Bem, continue a ler que temos ainda mais algumas dicas para si!

Já criei um blog, e agora?

Agora que já criou o seu blog, o trabalho de verdade irá começar. Vai precisar publicar, promover e mais tarde, colher os frutos.

Mas, para que isso aconteça é importante que siga as dicas extra que lhe vamos deixar de seguida. Vai ver que são preciosas… E, além de tudo, são só 5 dicas.

1 – Crie um calendário editorial para o seu blog e redes sociais

criar um calendario editorial

Neste momento a sua cabeça é capaz de ter dado um nó! Mas o que raio é um calendário editorial?

Bem, não é nada mais que uma forma de se organizar e garantir que o seu blog não se ressente de mudanças ou imprevistos que possam acontecer na sua vida.

O mesmo vai ajudar a ter uma visão completa do que precisa fazer e de quais as datas das publicações.

Desse modo, é possível preparar tudo com antecedência, garantindo que os imprevistos a que qualquer um de nós está sujeito, não vão atrapalhar.

Pode fazer o mesmo de forma mensal ou trimestral, e colocar tudo num papel, num excel ou mesmo numa agenda.

2 – Não se esqueça de promover os posts

Numa fase inicial, e enquanto o seu blog não tem um grande volume de tráfego (porque as pessoas não sabem da sua existência) é importante que o promova.

Claro que essa promoção pode ser paga (com anúncios no Facebook e no LinkedIn) ou gratuita.

Na promoção gratuita deve disseminar os seus posts nas várias redes sociais, partilhar em grupos, criar metodologias para gerar interação…

Lembre-se que no início os resultados não vão ser muito elevados, por isso, não desista. Leva algum tempo até criar um público fidelizado ao seu conteúdo.

3 – Não se esqueça de capturar emails

email marketing

O email marketing não morreu e é de extrema importância saber isso se quer saber como criar um blog de sucesso.

Deste modo, mesmo que não tenha qualquer intenção de vender nada (nesse momento), captar emails de leitores é importante.

Os mesmos vão ajudar a que consiga interagir da melhor forma com pessoas que já têm interesse naquilo que tem para partilhar.

Assim sendo, no futuro, irá ser mais simples alavancar uma venda com utilizadores que já interagem frequentemente com a sua marca.

4 – Não se esqueça dos links

link building

A criação de links internos e externos é de extrema importância para que o seu blog prospere na internet.

Os links internos vão ajudar o leitor a navegar mais facilmente em conteúdos complementares do seu blog. Até aqui, faz sentido, certo?

Então para que é que servem os links externos (ou backlinks)? Servem para informar o leitor de um blog externo que tem algo interessante e que ele pode querer ler.

Neste momento deve estar a pensar “Porque é que hei de referir outros blogs?”! A resposta certa é porque vai ganhar pontos perante o Google. Mas, claro está que apenas o deve fazer se for interessante e gerar valor para o leitor.

A par disso, é também preciso criar uma estratégia de backlinks para o seu site. Tente através de blog posts ou parcerias.

5 – Nunca se esqueça de uma estratégia de SEO

link building

Por fim, mas talvez o ponto mais importante para saber como criar um blog de sucesso, é investir corretamente numa estratégia de SEO.

O SEO (Search Engine Optimization) não é nada mais que a otimização dos seus conteúdos para os motores de pesquisa.

E porque é que isso é importante? Basicamente porque é preciso cumprir várias boas-práticas para que o seu site consiga alcançar as melhores posições!

Assim, conheça algumas dicas rápidas de SEO:

  • Crie artigos que gerem valor para o leitor
  • Coloque a palavra-chave no título, no primeiro parágrafo e no primeiro cabeçalho
  • Não se esqueça de criar os meta title, meta description e image alt
  • Não se esqueça de otimizar as imagens
  • É importante escrever a pensar na experiência do leitor

Estas são mesmo algumas dicas muito rápidas sobre este tema. Se quiser saber um pouco mais do funcionamento do SEO, pode ler o nosso artigo “Boas práticas de SEO para Content Marketing”.

Agora já sabe quais as principais vantagens de ter um blog, como criar um blog de sucesso em apenas 8 passos e 5 dicas extras para tornar o mesmo o mais otimizado possível.

Se precisar de ajuda no desenvolvimento do seu blog, na otimização de conteúdos ou mesmo na implementação de um correto SEO, não hesite em contactar-nos. Estamos à sua inteira disposição para ajudar.