O Instagram tem-se destacado por ser a rede social que mais cresce no mundo. Atualmente a plataforma conta com mais de 500 milhões de contas e uma média de 1,5 bilhões de fotos curtidas diariamente. Com esses números expressivos, pode parecer tentador comprar seguidores nas redes sociais.

A par disso, são milhares as marcas e os influenciadores digitais que utilizam esta rede social como forma de marketing de conteúdo.

Mas, uma pesquisa da Socialbakers, uma empresa focada em análise e desempenho de marketing digital, apresentou resultados surpreendentes.

Segundo Alexandra Avelar, Country Manager da empresa, “o Instagram está a tornar-se a plataforma de redes sociais número um quando se trata de engajamento de marcas. Quando olhamos para o engajamento num nível absoluto, o Instagram tem um alcance maior por marcas do que o Facebook. E, isso ocorre apesar de ter um tamanho de público significativamente menor”.

Comprar seguidores nas redes sociais: Porque não o deve fazer

Diante desta informação, comprar seguidores nas redes sociais surge como uma maneira rápida e eficaz para obter melhores resultados no seu perfil.

Mas engana-se quem acredita que essa alternativa irá beneficiar a sua marca. A verdade é que isso irá impactar negativamente a sua credibilidade na rede, além de prejudicar o alcance dos posts.

Neste artigo apresentamos-lhe 6 motivos para não comprar seguidores nas redes sociais. Acredite, conhecê-los e seguir o nosso conselho irá poupar-lhe muitas dores de cabeça!

1 – Comprar seguidores é contraproducente 

Quando uma marca cria contas nas redes sociais, é com o objetivo de atrair consumidores! E, esses consumidores devem em última instância comprar um produto ou serviço. Ou seja, idealmente são já clientes da marca ou vão-se tornar clientes.

Dessa forma, é totalmente despropositada a compra de seguidores uma vez que só vão fazer “volume”. É muito mais proveitoso conquistar seguidores que de alguma forma possam trazer retorno à empresa.

2 – Não irá atingir seu público alvo 

Todos os negócios têm o seu próprio público alvo. A exposição de uma marca, vinculada a um produto ou serviço, irá atrair o perfil de seguidor que tem maior afinidade com a proposta.

Ao comprar seguidores nas redes sociais, estará a investir num público que não está interessado no que tem para vender.

Logo, se não existe interesse, não será proveitoso para si ter um número de seguidores extremamente elevado.

3 – Seguidores falsos prejudicam a credibilidade 

Quando alguém se interessa por uma marca ou produto, uma das formas mais comuns de a conhecer é analisando as suas redes sociais. Uma conta que aumentou repentinamente o seu número de seguidores acaba por parecer bastante suspeita.

O potencial cliente, ao deparar-se com uma marca que possui muitos seguidores, mas cuja maioria são perfis falsos, ficará com uma impressão negativa.

Portanto, não é vantajoso comprar perfis e correr o risco de perder a credibilidade da sua marca no mercado.

4 – Irá diminuir o alcance das suas publicações 

Ter muitos seguidores é algo muito atrativo. Porém comprar seguidores não irá melhorar a visibilidade da sua página. Isso porque estes seguidores não vão interagir com as suas publicações… e porquê? Porque não são pessoas reais…

O maior alcance dos posts ocorre quando há um grande engajamento por parte dos seguidores. Perfis falsos não vão interagir com as suas publicações, e assim são um investimento ineficaz. Principalmente se o motivo pelo qual os está a comprar é aumentar a relevância da sua página.

5 – A sua conta pode ser eliminada  

Atualmente, as redes sociais estão a investir fortemente em segurança digital.

As plataformas, ao identificar o perfil como um possível “bot” – perfil robô – colocam em ação medidas de segurança. E, uma dessas medidas é a exclusão e eliminação da sua conta de Instagram.

Este é mais um grande motivo para não comprar seguidores nas redes sociais.

6 – Comprar seguidores não gera resultados positivos 

Investir na compra de seguidores é, definitivamente, uma forma de perder dinheiro. Essa alternativa, a longo prazo, irá promover o declínio do seu negócio ao gerar uma reação em cadeia.

Seguidores comprados não se relacionam nem interagem com o seu produto ou serviço. Assim, as suas publicações ficarão cada vez mais irrelevantes na rede, por não terem um bom desempenho.

Isso, consequentemente irá afetar as suas vendas, correndo o risco ainda de perder os clientes já conquistados. Ou seja, comprar seguidores nas redes sociais não produz um retorno satisfatório para a sua empresa.

E, além disso, o Instagram faz frequentemente uma limpeza de perfis falsos. Logo, em última instância irá gastar o dinheiro na compra de seguidores e pouco tempo depois o número de seguidores da sua página vai baixar consideravelmente.

Consegue imaginar o impacto negativo que isso irá ter na credibilidade do seu negócio?

Então, o que fazer para promover a sua página nesta rede social? 

Antes de tudo, deve ter em mente que o objetivo da sua página não deve ser conseguir mais seguidores. O objetivo deve ser sim conseguir os seguidores certos.

A estratégia mais segura e que trará mais resultados, é elaborar um planeamento de gestão de marketing digital da sua conta. Assim irá obter os seguidores mais adequados ao seu perfil, de forma orgânica.

Para isso, primeiramente deve definir quem é o seu público alvo e desenvolver conteúdos que conversem diretamente com o mesmo.

O engajamento de um grupo de seguidores, naturalmente fará com que a sua página tenha maior relevância na rede. Ou seja, os seguidores certos irão gerar ainda mais seguidores, e por consequência produzirão um aumento exponencial nas suas vendas.

Por fim, ficou claro que comprar seguidores nas redes sociais não é uma boa estratégia para melhorar os seus negócios. Tenha paciência durante todo o processo e não passe etapas. O sucesso certamente chega para quem sabe investir de forma correta.

Se precisar de algum apoio nesse sentido ou se quiser esclarecer alguma dúvida, não hesite em contactar-nos.