Uma excelente forma de ampliar a visibilidade online de uma empresa é partir de uma estratégia de marketing de conteúdo. Mas para alcançar o seu objetivo, muitos fatores são indispensáveis. Entre eles, precisa de um ótimo planeamento e de um calendário mensal de conteúdos.

Esse planeamento inclui entre outras questões:

  • Programação de divulgação nas redes sociais
  • Frequência de produção
  • Frequência de publicação de conteúdos noutras plataformas
  • Definição de datas para o lançamento de campanhas

Porém, não se trata apenas de publicar determinado conteúdo em determinado local. Mas, para alcançar o sucesso na estratégia desenvolvida, é necessário (tal como já dissemos) ter um planeamento. O mesmo deve agregar uma série de itens.

E, para que se possa organizar e saber sempre o que fazer, nada melhor que desenvolver um calendário editorial.

Mas, o que é um calendário editorial mensal? Qual a sua influência nos resultados obtidos no planeamento de marketing de conteúdo? Explicamos-lhe tudo de seguida.

Calendário mensal: o que é esta ferramenta?

O calendário editorial ou calendário mensal é um documento que funciona como uma programação de toda a sua estratégia de conteúdo.

Nesta ferramenta (que pode ser física ou digital – como por exemplo um calendário em excel), ficam registradas informações como:

  • Datas de publicação no blog
  • Datas de lançamentos de conteúdos
  • Temas e formatos de conteúdos a que vão ser publicados
  • Palavras-chave utilizadas
  • Divulgação nas redes sociais
  • As personas definidas e a etapa do funil de vendas do cliente para a qual o conteúdo foi desenvolvido
  • Promoção em e-mail marketing

Calendário editorial: Quais são as suas vantagens

Essa ferramenta é essencialmente uma componente de planeamento para as ações que vão ser elaboradas para a estratégia de content marketing. O mesmo proporciona à equipa de marketing uma direção efetiva do que é necessário fazer para ter sucesso.

Mas, saiba que existem inúmeras vantagens associadas ao desenvolvimento de um calendário editorial mensal. Conheça de seguida as principais.

1 – Melhor organização e planeamento

O calendário editorial permite a visualização do planeamento dos conteúdos. Assim, é mais simples acompanhar o status de cada material que precisa ser produzido e publicado. Tudo isto com algum tempo de antecedência.

Outra vantagem, é que garante à equipa de marketing clareza na organização das tarefas de cada membro, garantindo uma divisão de trabalho eficiente.

2 – Consistência na frequência de publicação 

A implementação de um calendário editorial auxilia na manutenção da consistência da frequência de publicação.

Como consequência, isso terá um impacto direto no tráfego orgânico. Segundo a pesquisa Content Trends 2016, empresas que publicam 13 ou mais conteúdos por mês geram o dobro de visitas ao seu site.

3 – Maior controlo sobre a estratégia de conteúdo

Além da possibilidade de planear materiais futuros, o calendário mensal tem como função a documentação de todos os conteúdos que já foram publicados.

O calendário editorial também fornece informações sobre os temas e palavras-chave que já foram utilizados. E porque é que isso é importante? Porque evita repetições e facilita a criação de novas pautas e conteúdos.

Além disso, com o crescimento do volume de publicações, este será muito útil para o controlo eficiente dos temas abordados.

4 – Formatos de conteúdos diversificados

Com a análise do calendário mensal, é possível identificar os formatos de conteúdo mais utilizados numa estratégia de inbound marketing.

Assim, procure diversificar a produção em diversos formatos. Esta variação é fundamental tendo em vista os diferentes tipos de conteúdo que podem ser elaborados para o consumidor.

Alguns dos formatos de conteúdos disponíveis são:

  • Artigos em blogs
  • Vídeos (podem ser gravados ou em direto)
  • E-book
  • Webinars
  • Cases de sucesso
  • Infográficos
  • Relatórios de pesquisa
  • Stories

5 – Equilíbrio na proporção dos conteúdos

Existe um erro muito comum nas empresas. E, o mesmo passa essencialmente por não conhecerem o seu target ou persona.

Por isso, ao produzir conteúdo deve ter em consideração o perfil da persona assim como a etapa do funil de vendas em que ela se encontra

Ao utilizar o calendário mensal, é possível acompanhar e controlar a quantidade de material produzido para cada persona e para cada etapa da jornada do cliente.

6 – Facilita o cumprimento do cronograma

O calendário editorial permite o planeamento do conteúdo a ser produzido com muito mais antecedência. E, isso quer dizer que vai ser mais simples delegar e garantir que no dia em que deve ser publicado, o material está criado e revisto.

Podemos então dizer que esta ferramenta é uma das melhores opções para se organizar e cumprir prazos. A par disso, vai diminuir consideravelmente o índice de atrasos na publicação dos conteúdos que haviam sido programados.

Como fazer um calendário editorial: 6 dicas para o sucesso

Mesmo considerando as vantagens, ainda existem muitas empresas que não utilizam um calendário mensal. Pior… não têm um plano de marketing!

Porém, se pensar bem sobre o assunto uma das primeiras etapas na implementação de uma estratégia de marketing de conteúdo é a criação de um calendário.

Antes de o desenvolver, é importante ter em mente o tipo de conteúdo que será produzido. Isso porque as informações vão variar de acordo com o que a empresa julgar necessário documentar e acompanhar.

Tal como tudo na vida, existem diversos formatos de calendários. Assim, para facilitar a sua vida apresentamos-lhe de seguida uma série de dicas que podem auxiliar na criação do seu calendário editorial.

1 – Defina a ferramenta ideal

É possível elaborar um calendário mensal através de diversas ferramentas. Mas a escolha da melhor opção deverá ser decidida de acordo com os requisitos do seu negócio.

Uma das ferramentas é disponibilizada pelo Google são as folhas de cálculo, sendo que o Google Calendar também é uma boa opção.

Para quem não tem uma conta Google (que devem ser poucas pessoas), pode criar o seu calendário através do Excel, LibreOffice ou até mesmo pelo Plugin “Editorial Calendar” disponibilizado para o WordPress.

2 – Estabeleça uma frequência de publicação

Definir uma frequência para publicar é importante porque só assim poderá manter a consistência e a qualidade do conteúdo. E, contrariamente ao que possa pensar, isso vai auxiliar na construção da sua estratégia de marketing digital.

E, saiba que publicar com extrema frequência não é sinónimo de sucesso. É muito mais importante produzir conteúdo de qualidade, do que produzir muito conteúdo.

Manter o blog sempre atualizado é a melhor forma de conquistar uma audiência fiel e gerar engagement com o conteúdo. Mas, frisamos novamente: opte pela qualidade em detrimento da quantidade.

3 – Desenvolva o planeamento da sua estratégia

Através do calendário mensal pode definir inúmeras variáveis do conteúdo que irá ser trabalhado. E, isso inclui muito mais coisas do que aquilo que provavelmente está a imaginar.

Mas, para ter uma noção dos pontos mais importantes, referimo-los de seguida:

  • Data e horário da publicação
  • Título e palavras-chave
  • Identificação dos responsáveis pela produção e publicação do conteúdo
  • Formato do conteúdo
  • Persona
  • Etapa da jornada do cliente no funil de vendas
  • Estado do processo (status do conteúdo)
  • Resumo do material (Meta descrição)
  • Oferta ou objetivo do conteúdo (CTA – Chamada para a ação)
  • URL do conteúdo

Toda esta informação irá ajudá-lo a otimizar cada vez mais o processo e perceber quando é que faz sentido republicar determinado conteúdo. Além disso, vai ajudar a que tenha sempre um panorama geral, facilitando uma possível auditoria de conteúdos.

4 – Defina os canais de divulgação

Com o planeamento do conteúdo definido, está na hora de escolher as plataformas de divulgação.

As duas formas mais comuns (a par do blog) são:

4.1 – Redes Sociais

Escolha as redes sociais nas quais os conteúdos serão publicados e elabore um modelo de copy para cada uma delas.

Mas, tenha em mente que é importante definir a periodicidade da divulgação nas redes sociais.

Uma das formas mais comuns de promover o conteúdo é usar a estratégia 444. E o que é esta estratégia?

Ora bem, é tão simples como fazer a promoção de um material com 4 tipos de chamadas, em 4 dias diferentes, em 4 horários distintos, sendo uma publicação realizada em cada semana do mês.

Se não produz um volume muito grande de conteúdos, esta pode ser uma excelente estratégia para gerar tráfego para o seu site.

4.2 – E-mail Marketing

O e-mail marketing também é uma ótima ferramenta para divulgar o seu material e manter o público interessado.

Por isso, defina os dias e horários de envio e inclua-os no seu calendário mensal. Mas, frisamos que só deve enviar emails para quem tem interesse em receber os mesmos.

Não faça SPAM e não envie uma quantidade infindável de emails que não sejam verdadeiramente interessantes para o consumidor.

5 – Siga o cronograma (afinal é para isso que ele serve)

Com o calendário editorial definido, procure segui-lo à risca e mantenha-o atualizado. Mas, além de o seguir à risca, deve também medir os resultados que são gerados (aqui é essencial ter bem definidas as métricas e KPI’s do seu negócio).

Assim, é possível aprimorar constantemente a sua estratégia de marketing de conteúdo, para obter melhores resultados.

6 – Alinhamento com a equipa de marketing

O calendário editorial fornece uma visão geral e estratégica das suas ações dentro do planeamento de conteúdo.

O mesmo tem um papel fundamental na centralização das informações, melhorando a comunicação e o conhecimento da equipa relativamente aos prazos, datas e andamento dos processos.

Partilhar o calendário editorial com a equipa é meio caminho andado para uma correta estratégia digital. A par disso, permite também a realização de vários brainstorming para o desenvolvimento de estratégias complementares.

Como vê a realização de um calendário mensal com os conteúdos digitais do seu negócio é de extrema importância para alcançar o sucesso.

Mas, se neste momento quer avançar com a criação do seu calendário editorial e com a produção de conteúdo otimizado para web mas não tem tempo ou não tem todos os conhecimentos necessários, fale connosco. Garantidamente poderemos ajudar.