Há pouco tempo resolvemos fazer um live no Facebook onde falámos sobre os 5 erros mais comuns de Google Marketing.

E porque é que escolhemos este tema? É simples! Porque ao longo dos anos temo-nos deparado com dezenas de clientes que cometem estes 5 erros. Ou, pelo menos a grande maioria.

Assim sendo, e porque um dos nossos principais focos é o marketing de conteúdo, faz todo o sentido apoiar os empresários nestas questões.

Continue a ler (ou passe no Facebook e veja o vídeo) e descubra quais os 5 erros mais comuns das empresas no que respeita esta estratégia de marketing digital.

Google Marketing: 5 erros que muitas empresas cometem

Ter um negócio não é propriamente uma tarefa simples. São vários os pontos a ser tidos em consideração. E, ter uma boa estratégia de marketing digital é essencial.

Numa altura em que o Google é o maior motor de pesquisa do mundo, faz todo o sentido que enquanto empresário tente obter o máximo de retorno com esta plataforma.

Assim, de seguida veja os 5 erros que poderá estar a cometer.

1 – Não investir numa estratégia de SEO

Se já viu formações de marketing, ou mesmo numa simples pesquisa sobre o tema marketing digital, já se deve ter deparado com a sigla SEO.

Mas o que significa afinal? SEO significa Search Engine Optimization. Ou seja, Otimização para os Motores de Pesquisa.

E o que significa realmente fazer essa otimização? É escolher as palavras chave com mais pesquisas para o seu negócio? Escrever todos os dias para o blog? É investir na criação de estratégias de link building?

Na prática é tudo isto e mais “um par de botas”. Ou seja, o próprio SEO é uma estratégia digital. São muitos os pontos a serem tomados em consideração.

Logo, se a sua área de expertise não é marketing digital, poderá sentir algumas dificuldades em acompanhar a evolução constante do mercado.

Assim, terá duas opções:

  • Fazer formações de forma a estar a par de toda a evolução e aplicar aos seus conteúdos tudo aquilo que aprender
  • Delegar a produção e otimização a empresas que se foquem nesse tipo de estratégia

Algo que aprendemos com o tempo é que por vezes ao delegar as tarefas que não somos tão bons, acabamos por desempenhar melhor aquelas em que somos ótimos.

2 – Não ter o Google Analytics instalado no site

Este é um daqueles erros de Google Marketing que é muito mais comum do que aquilo que seria de esperar.

Há algum tempo questionamos um potencial cliente sobre o desempenho do seu website. E, obtivemos como resposta algo que nos deixou de boca aberta “Não faço a mínima ideia. É possível ver isso?”.

Quem tinha feito o desenvolvimento do site não tinha instalado a tag do Google Analytics e por esse mesmo motivo não havia qualquer dado para ser analisado.

Ter o Google Analytics instalado vai servir como uma maneira simples e prática de perceber o desempenho do seu site. Além disso irá ajudá-lo a:

  • Perceber o que está ou não a ter resultados
  • Se está ou não a ter tráfego orgânico
  • Verificar se os consumidores passam muito tempo no site
  • Se está a ter conversões
  • Quais os meios utilizados para aceder ao seu site
  • Se existe uma elevada taxa de abandono do carrinho de compras

Enfim… permite-lhe avaliar o seu negócio online e a partir daí tirar ilações que lhe permitem realizar ações que vão levar ao aumento das vendas.

3 – Não submeter o site no google Search Console

Ora aqui está outro erro muito comum!

Na verdade, a grande maioria dos empresários não faz a mínima ideia do que é esta plataforma e para que serve.

De forma muito simples e extremamente resumida, o Search Console (ou Google WebMaster Tools) serve para:

  • Analisar as palavras chave pelas quais os consumidores acedem ao seu site
  • Verificar se existem erros nos links ou links quebrados
  • Verificar se o Google pode rastrear e indexar o seu site
  • Corrigir problemas de indexação
  • Receber alertas de Spam ou outros problemas no site
  • Resolver problemas de AMP
  • Mostrar quais são os sites que têm backlinks a apontar para o seu site

Como vê, estas são apenas algumas das funcionalidades que esta plataforma gratuita tem ao seu dispor.

E, mais uma vez, se for devidamente conjugada com o Google Analytics poderá obter informações reais sobre o seu negócio.

4 – Não utilizar o Google My Business

A verdade é que para milhares de empresários o Google My Business serve somente para ter a morada da empresa no Google Maps.

Mas, a verdade é que serve para muito mais do que isso.

  • Irá mais facilmente aparecer nos resultados de pesquisa de forma orgânica
  • Inserir a sua empresa no Google Maps
  • Utilizar a sua localização, assim como a de potenciais clientes para o classificar melhor nas pesquisas locais
  • Fornecer um local onde os seus clientes e potenciais clientes podem facilmente classificar a sua empresa (google reviews)

Este é um tema no qual nos poderíamos alongar, até porque sabemos que existem muitas dificuldades.

No entanto, já escrevemos um artigo completo a esclarecer as 21 dúvidas mais comuns sobre o Google My Business. Nada como passar por lá e ler tudo.

5 – Não investir em Google Adwords

Por último, no que concerne os 5 erros mais comuns de google Marketing está o não investimento em Google Adwords.

Sabemos por experiência que nem todas as empresas têm capacidade financeira ou não têm sites otimizados e que justifiquem o investimento.

No entanto, é importante desmistificar a questão que só as grandes empresas, com um elevado grau de liquidez financeira é que conseguem fazer esse investimento.

Saiba de antemão que pode investir em Adwords com 50€ ou 60€ por mês. Se é esse valor que tem para investir, invista.

Mas, o nosso conselho é que perceba previamente como criar uma campanha de Adwords. Isso para evitar que faça tudo direitinho e depois coloque o anúncio a linkar para a Home Page do seu site.

Como vê, estes 5 erros de Google Marketing são bastante simples de serem resolvidos e, podem realmente mudar a faturação da sua empresa. E, já agora queremos saber: Quantos destes erros estava a cometer antes de ler este artigo?