Hoje em dia estar presente online sem ter definidas estratégias de marketing digital, não é a melhor opção para o seu negócio.

A internet veio revolucionar a forma como as empresas comunicam com os seus clientes, mas também a forma como vendem.

Se pensarmos bem, atrair um cliente hoje, tem um custo mais reduzido do que tinha anteriormente. Provavelmente o budget de um meio de comunicação tradicional, permite a implementação de toda a estratégia digital.

Assim, é essencial que os empresários tenham noção que existem inúmeras estratégias que podem ser implementadas.

A sua implementação, irá ajudar a que os seus objetivos sejam alcançados. De seguida, apresentamos-lhe 8 estratégias de marketing digital que deve implementar no seu negócio. Ora conheça-as!

Estratégias de marketing – 8 opções que deve implementar em 2019

É importante ter em mente que estar online sem uma estratégia, é um erro! O pior desse erro é que pode a médio/longo prazo fazer com que perca dinheiro.

Assim, apresentamos-lhe de seguida 8 estratégias de marketing digital que pode implementar no seu negócio. Conheça-as.

1 – SEO

SEO

O SEO ou Otimização dos Motores de Pesquisa é sem qualquer dúvida uma das estratégias mais importantes.

Na verdade, a mesma é em muitos casos o pilar de uma marca bem estabelecida.

Sem que haja uma boa implementação de SEO, o seu site não vai ser notado. E, a probabilidade de alcançar novos clientes de forma orgânica no Google é bastante reduzida.

De forma simples, o SEO passa pela otimização de conteúdos (e do próprio site)! Desse modo os motores de pesquisa, através dos seus algoritmos, conseguem entender que a página é relevante para um determinado assunto.

Existem vários motivos para efetivamente investir em SEO. Apresentamos-lhe 3 de seguida.

1.1 – Seja uma referência na sua área de atuação

Quando um leitor faz uma pesquisa, por norma está à procura de dados relevantes, soluções para um problema ou dicas para melhorar o seu dia a dia.

Por isso estar na primeira página do Google é a maior fonte de autoridade que pode desejar.

Se tem um produto ou serviço para vender, é preciso que se destaque. E no Google, o motor de busca mais usado do mundo, só o conseguirá com boas técnicas de SEO.

Não adianta produzir muito conteúdo se não se preocupar com as melhores técnicas e boas práticas. Se quer estar à frente dos seus concorrentes, o SEO será indispensável.

1.2 – Aumente o volume de vendas

Pode parecer estranho, mas a verdade é que usar o SEO como complemento a todas as suas estratégias de marketing vai conseguir vender mais. Não acredita? Ora veja!

O SEO leva a que o seu negócio apareça nas primeiras páginas do Google! Quem está na primeira página tem mais acessos orgânicos! Mais acessos significa um aumento das visitas e da notoriedade da sua empresa. Precisamos continuar?

De forma resumida: maior volume de procuras, maior volume de conversão dentro do seu site, mais leads para se relacional e consequentemente mais clientes!

1.3 – É simples de medir

Numa era digital todas as estratégias desenvolvidas devem ser medidas. Isso irá servir essencialmente para perceber o que é que está a fazer bem, e o que é que deve deixar de fazer.

Assim, outra das vantagens da otimização dos motores de pesquisa é que a mesma é simples de medir.

Assim, irá facilmente perceber se está ou não a alocar os seus esforços de comunicação corretamente a esta estratégia.

2 – Otimização de pesquisa local

pesquisa local

A otimização da pesquisa local é realizada através do SEO e da otimização de determinadas palavras-chave!

Contudo, a diferença é que para além de relevantes para o seu negócio, as mesmas devem incluir a sua localização.

Tenha em mente que através do Google Maps (onde pode associar a sua empresa através do Google My Business) é possível determinar a localização de um negócio!

Assim, é possível melhorar o ranking de determinada página para aquela localização em específico.

Um exemplo prático é um cabeleireiro em Massamá que quer aumentar o número de visitantes. O mesmo tem algumas páginas do seu site com bom ranking com as palavras-chave “Cabeleireiro masculino em Massamá”.

Desta forma, se um homem que esteja perto de Massamá procurar por um cabeleireiro, este site será um dos primeiros a aparecer nos motores de busca.

Isso acontece porque o mesmo foi otimizado para aquela localização.

Existem diversos motivos para implementar a otimização de pesquisa local. Conheça 3.

2.1 – Ajuda a ganhar notoriedade geográfica

Quando alguém procura através do smartphone um produto ou serviço nas proximidades, o Google apenas exibe os resultados das empresas que se encontrem naquela área geográfica.

Se conseguir estar nos primeiros lugares do Google neste tipo de pesquisa, vai conseguir alcançar ótimos resultados. E por ótimos resultados queremos dizer vendas.

E, se pensarmos bem isso é de extrema importância para empresas que prestam serviços em que o consumidor tem de estar presente! Como é o caso de: cabeleireiros, cafés, bares, restaurantes…

2.2 – Permite a atração de um novo público-alvo

A otimização de pesquisa local permite atrair potenciais clientes que estão próximos do seu negócio. Este ponto ganha especial importância se está num local muito visitado por turistas.

Se alguém encontra o seu negócio online, com boas avaliações, com informações relevantes e na proximidade, a primeira impressão irá ser positiva.

2.3 – Torna a sua presença digital mais relevante

Estar presente nos resultados orgânicos de pesquisa local é fundamental para aumentar a confiança de potenciais clientes. A par disso, adiciona também valor à empresa.

Contudo, é importante voltar a frisar que para ter uma posição de destaque, tem de investir em otimização de SEO local.

Só dessa forma é que os motores de busca vão perceber a relevância do seu site para este tipo de pesquisa.

3 – Listagens de empresas

Google My Business – Será que sabe como tudo funciona

As listagens de empresas são páginas (como é o caso das páginas brancas ou amarelas) que contêm informações específicas sobre um negócio.

Por norma, os dados mais comuns são: morada, número de telefone, horário de funcionamento, email e site.

Estas listagens podem ser uma grande mais-valia para o seu negócio e devem sempre ser incluídas nas suas estratégias de marketing. E porquê?

Porque permitem que qualquer pessoa consiga encontrar o seu negócio com mais facilidade. A par disso, a integração nos diretórios, vai gerar também tráfego de referência e backlinks. E isso é essencial aos olhos do Google.

Existem vários motivos para integrar este tipo de listagem. Conheça alguns.

3.1 – Ajuda a melhorar o ranking nos motores de busca

Os resultados orgânicos (ou seja, aqueles que resultam de pesquisa não paga) que são devolvidos pelos motores de pesquisa, incluem muitas vezes listas de empresas.

Na grande maioria as mesmas estão inseridas em sites como as páginas amarelas, Google My Business, entre outros.

Assim, através de técnicas de SEO e marketing de conteúdos, fazer com que o site do seu negócio obtenha um bom ranking. Não só no Google, como nas próprias listagens.

3.2 – Aumento (drástico) da visibilidade

A principal vantagem que o seu negócio tem em aparecer nos serviços de listagem é a possibilidade de alavancar de uma forma incrível o seu negócio. E o melhor de tudo é que pode fazê-lo com poucos recursos financeiros.

Por exemplo, se inscrever a sua empresa no Google My Business irá obter um perfil bastante completo neste motor de pesquisa.

Além disso irá colocar o seu negócio automaticamente no Google Maps e Google Search. Ou seja, 2 das ferramentas mais poderosas em termos de alcance do seu público-alvo.

A adesão a esta ferramenta é bastante simples, e os resultados aparecem em todos os tipos de pesquisa. Independentemente de a mesma ser realizada num computador ou num dispositivo móvel.

3.3 – Ranking em dispositivos móveis

Cada vez mais as novas tecnologias fazem parte da vida dos consumidores e o novo algoritmo do Google é a prova disso mesmo.

Como os pesquisas são feitas em qualquer lugar. Ao estar presente neste tipo de listagem, vai dar-se a conhecer de forma simples e económica.

Imagine que tem um salão de massagens ou um restaurante! Aplicações e plataformas como o Zomato, Mygon e outras tantas do género são poderosos aliados do seu negócio.

Na verdade, quem nunca pegou no telemóvel e procurou por um restaurante numa zona onde estava de passagem?

Este tipo de plataforma, permite também uma maior interação do consumidor vs. empresa. E isso, acaba por ser bastante benéfico para outros consumidores. Um bom exemplo são as avaliações realizadas no Zomato ou TripAdvisor.

4 – SEM

SEM

O SEM ou Marketing de Motores de Pesquisa é o investimento em publicidade paga online. Por norma através de plataformas de pesquisa, como é o caso do Google Ads.

Saiba que esta é uma das estratégias de marketing digital que deve incluir no seu negócio. E porquê?

Porque vai ajudar a alavancar mais rapidamente o seu negócio. Mas é importante que seja implementada em conjunto com o SEO. Porquê?

Porque a médio/longo prazo, vai tornar-se apenas uma parte residual dos acessos ao seu site. Isso vai acontecer porque o trabalho de SEO vai permitir que o alcance orgânico seja muito superior ao alcance pago.

Existem vários motivos para investir em SEM. Conheça 3 de seguida!

4.1 – Vão agregar relevância ao consumidor

Uma das principais vantagens do SEM passa essencialmente pela relevância. Quando um consumidor procura algo no Google e os seus anúncios aparecem, é sinónimo que ele está à procura de algo que tem para vender.

Desse modo, passa a estar nas suas mãos conseguir aumentar o volume de vendas do seu negócio.

É importante frisar que o SEM nunca vai substituir uma estratégia de SEO. Contudo, poderá ser complementar.

Implemente uma estratégia integrada e vai com toda a certeza ter resultados extremamente positivos.

4.2 – Pode investir o que desejar

Contrariamente ao que possa pensar, investir em publicidade paga não é algo só para grandes empresas.

O melhor do SEM, é que é uma das muitas estratégias de marketing digital que está acessível a qualquer negócio. A sua empresa tanto pode investir 50€ por mês, como 5.000€.

Tudo depende do seu budget. Mas, saiba desde já que não é quem paga mais que aparece primeiro. Por isso, se usar o seu dinheiro sabiamente, pode ter excelentes resultados mesmo com um investimento menor.

4.3 – Acompanhamento e resultados em tempo real

Do nosso ponto de vista, a principal vantagem da publicidade paga, é essencialmente a possibilidade de acompanhar e fazer mudanças em tempo real.

Imagine que publica hoje uma campanha, mas ao final de 3 ou 4 dias perceber que a mesma tem de ser ajustada. Poderá fazê-lo imediatamente e analisar o impacto das mudanças em tempo real.

Voltamos a frisar! Quando se fala em estratégias de marketing, o melhor é implementar várias.

5 – Marketing de Redes Sociais

Redes Sociais

Todos sabemos que as redes sociais são uma das maiores e melhores formas de construir um relacionamento com um cliente. Por isso, investir nas mesmas é uma das melhores estratégias de marketing para este ano.

Lembre-se, é muito importante que aposte no planeamento e manutenção das suas plataformas sociais.

Um fator que deve ter em mente é que não precisa de estar presente em todas para ter sucesso. Muito pelo contrário.

Deve apenas focar-se em redes sociais que sejam benéficas para o seu negócio e onde o seu público-alvo se encontre.

Três boas opções são o Facebook, Instagram e LinkedIn, pois são redes sociais transversais a qualquer tipo de negócio.

No entanto, o Youtube e Pinterest são também excelentes opções para quem tem um negócio tangível.

Perceba 3 motivos pelos quais deve mesmo investir em estratégias de marketing nas redes sociais.

5.1 – Promoção do relacionamento

As redes sociais são excelentes plataformas para se relacionar com os seus clientes e futuros clientes.

Claro que cada uma tem as suas próprias vantagens e desvantagens. Por isso, a escolha das redes sociais a utilizar irá depender essencialmente dos seus objetivos.

Mas, é possível através das mesmas gerar conteúdo de relevância e que tenha como intuito fornecer valor ao leitor.

A par disso, as redes sociais podem também ser um canal de venda subtil. Só precisa de os utilizar da forma mais acertada.

5.2 – Permite transparecer uma imagem positiva

O fato de conseguir interagir em tempo real com a sua comunidade, mostra que não quer única e exclusivamente vender.

Desde modo, vai conseguir contrariar a ideia de que apenas está presente para enganar ou fazer os seus seguidores comprarem algo.

Assim, pouco a pouco vai criar uma reputação que será uma mais-valia para si a longo prazo. Lembre-se que ninguém vai para as redes sociais para comprar o que quer que seja.

As pessoas estão nas redes sociais por lazer. Se tiver sempre isso em mente, vai ser mais simples tirar melhor partido das mesmas.

5.3 – Ajudam a aumentar o tráfego

Contrariamente ao que possa pensar, a verdade é que as redes sociais são uma excelente fonte de tráfego.

Se partilhar páginas do seu blog é normal que consiga reencaminhar os utilizadores das redes sociais, para o mesmo.

O resultado final vai ser um aumento de tráfego, que vai levar consequentemente a aumento da credibilidade do seu site.

6 – Marketing de Conteúdo

marketing de conteúdo

O Marketing de conteúdo passa essencialmente por criar diversos tipos de conteúdos que permitam interagir com os seus potenciais clientes.

Os mesmos podem ser artigos, webinars, e-books, infográficos, imagens, vídeos, case Studies….

É de extrema importância que os mesmos sejam únicos, informativos, e simples de ler. A par disso, não deve nunca e sob qualquer circunstância duplicar conteúdo de outros sites.

Acredite que a única coisa que isso irá fazer é penalizar o seu site. E, tenhos a certeza que não é isso que deseja.

Outra situação muito importante é que o conteúdo deve estar sempre otimizado para SEO.

Ou seja, as palavras-chave devem ser escolhidas de forma bastante ponderada! Isto para que o mesmo seja relevante para os seus potenciais cliente (e para o Google simultaneamente).

Existem mesmo muitos motivos para investir em estratégias de marketing tendo os conteúdos por base. Na verdade, uma estratégia de conteúdo, é a base de qualquer investimento digital.

Mas, apresentamos 3 bons motivos!

6.1 – Torna a sua marca confiável

Todas as empresas têm de encontrar uma forma de se destacar online. Mas como o fazer? Como convencer os clientes que devem optar pela sua marca em detrimento de outra?

Quando se trata de uma compra ou investimento, muitos clientes ainda são impulsionados pelo preço.

Porém, é importante que uma empresa demonstre que conhece bem os seus produtos ou serviços, assim como as necessidades dos clientes e a própria indústria a que pertence.

Ao investir em estratégias de marketing de conteúdos, a mesma irá tornar a sua marca em sinónimo de conhecimento.

Mas, voltamos a frisar, estamos a falar de qualidade e não de quantidade. Mais vale produzir menos conteúdos, mas com qualidade, do que produzir muitos conteúdos que não se destaquem.

Publique tutoriais, faça webinars, crie um podcast, artigos para o blog, infográficos…

Enfim, publique o que for relevante para o seu target de forma a ganhar a sua confiança.

6.2 – Ajuda a conectar-se ao longo do funil de vendas

Envolver-se com os clientes antes dos mesmos realizarem uma compra é muito importante! E usar estratégias de marketing de conteúdos pode ajudá-lo (e muito) nessa tarefa.

Ao desenvolver e divulgar conteúdos de qualidade, as empresas podem inserir a sua marca na mente dos consumidores! O melhor de tudo é que isso pode ser feito muito antes dos mesmos sonharem concluir uma compra.

E, para quem não sabe, este é o principal valor de um conteúdo de qualidade.

Se tem por exemplo uma quinta de casamentos, publicar conteúdos que ajudem a futura noiva a escolher o local, os cuidados a ter com o copo de água, escolher as damas de honor e todo o tipo de informação sobre casamento, quando chegar a altura da mesma se casar, a sua quinta será o primeiro lugar que ela se irá lembrar.

6.3 – Construir um relacionamento com novos clientes

Antigamente todo o processo de compra se iniciava na loja ou pelo telefone!

Contudo, hoje em dia o processo de compra deve começar muito antes do cliente perceber que tem uma necessidade.

Na maior parte dos casos, o site ou os perfis em várias redes sociais assumem o ônus de um cartão de visita! Desse modo, assumem o primeiro encontro do cliente com a empresa.

E muitas vezes essa experiência pode melhorar (ou quebrar) o relacionamento com o cliente antes de haver a oportunidade de uma interação humana.

Tenha em mente o seu blog vai ser a sua primeira linha de venda do seu negócio. E porquê? Porque permite que potenciais clientes desenvolvam uma opinião em segundos (seja ela positiva ou negativa) sobre o seu negócio.

Resumidamente, uma boa estratégia de marketing de conteúdos pode alavancar as vendas do seu negócio! Já uma má estratégia, pode arruinar essa oportunidade.

Assim, investir nesta estratégia é praticamente algo obrigatório para as empresas que querem investir num bom relacionamento.

7 – Mobile Marketing

mobile marketing

Os smartphones são cada vez mais utilizados seja para navegar na internet, fazer compras ou descarregar aplicações.

Assim sendo, outra das estratégias de marketing digital que pode ter em conta é o mobile marketing.

Mas, para isso, precisa verificar como é que a sua empresa se vai conseguir “infiltrar” nestes dispositivos.

Pode fazê-lo de várias formas, nomeadamente:

  • Através da criação de uma app
  • Envio de uma mensagem quando o cliente estiver a passar perto da loja
  • Envio de uma mensagem com uma oferta de X% de desconto numa próxima compra
  • Pop Up nas notificações

São várias as maneiras de proceder à utilização do mobile marketing. Na verdade, o difícil é escolher a melhor forma de cumprir os objetivos estratégicos do seu negócio.

Se ainda está na dúvida sobre investir ou não em mobile marketing, veja 3 motivos para o fazer.

7.1 – Ajuda-o a aproveitar os micro momentos

O mobile marketing vai ajudar a que tenha sucesso através dos micro momentos. Só precisa saber aproveitá-los. Mas o que são micro momentos?

São aqueles minutos ou segundos que um consumidor pega no smartphone para ver o email ou para passar o tempo enquanto espera por algo.

E qual é o primeiro passo a considerar para tirar melhor proveito destes momentos? Ter um site responsivo.

7.2 – Permite-lhe ter ma vantagem competitiva

O mobile marketing é cada vez mais uma realidade nas estratégias de marketing de empresas de diversos segmentos.

Contudo, existem ainda empresas que resistem à implementação do mesmo. Assim, investir nesta estratégia pode ser uma vantagem competitiva para o seu negócio.

Analise o que é que os seus concorrentes andam a fazer e faça algo similar. Se com eles dá sucesso, com o seu negócio também irá dar.

7.3 – Garante-lhe acesso instantâneo ao seu público-alvo

Responda sinceramente: Quantas vezes resiste a verificar as notificações que recebe no seu smartphone?

Se for como a grande maioria das pessoas a resposta será: muito poucas vezes.

Ao implementar o mobilie marketing pode utilizar essa poderosa ferramenta que são os smartphones.

Quando um potencial cliente estiver próximo do seu negócio, pode impactá-lo com uma dessas notificações.

Claro está que tem de ser algo com relevância, pois caso contrário o sucesso não será tão elevado como pensa.

8 – Avaliações Online

Feedbacks negativos

As avaliações online ou comumente designadas de Google reviews são outras das estratégias de marketing que deve conhecer!

Contrariamente ao que possa estar a pensar, as mesmas vão ser essenciais para conseguir melhorar o seu ranking no maior motor de busca do mundo.

Estas avaliações podem ser fornecidas por qualquer pessoa, e por isso é muito importante incentivar os seus clientes a fazerem uma avaliação.

A par disso, a mesmas deve ser sempre respondidas de forma cordial. Sim, independentemente da review ser negativa e depreciativa do seu trabalho.

De seguida veja 3 motivos pelos quais deve investir nas avaliações online.

8.1 – Melhora a sua reputação

A verdade é que nos dias de hoje, ninguém compra de um negócio que não tenha credibilidade.

Imagine duas empresas similares, com os mesmos produtos, o mesmo tempo ade atuação no mercado e preços iguais. Mas, uma empresa tem várias avaliações positiva no Google e nas redes sociais, e outra não tem nenhuma avaliação.

Com quem é que acha que o seu potencial cliente vai fazer negócio?

8.2 – São uma forma de recomendação

Sabia que 85% dos consumidores confiam tanto em avaliações online como em recomendações pessoais?

Isso acontece essencialmente porque os consumidores são extremamente sinceros a falar de um negócio online.

Assim, em caso de descontentamento uma das primeiras coisas a fazer é uma avaliação nas redes sociais ou no Google.

Se o funcionamento de uma empresa deixa muito a desejar, essa informação vai ser espelhada nas reviews dos seus clientes. E isso vai ajudar novos clientes a tomar uma decisão.

8.3 – Permite-lhe comunicar com clientes

As avaliações online permitem-lhe uma forma direta de comunicar com os seus clientes. Isso acontece porque vai ter de responder a cada uma das reviews.

E sim, vai ter de o fazer independentemente de ser um feedback positivo ou negativo! No caso de ser um feedback positivo, nada melhor que um agradecimento.

No caso de um feedback negativo, tem uma hipótese de perceber o que é que não está a correr tão bem no negócio. E, ao perceber o que está errado, tem hipóteses de tentar melhorar.

Claro que deve sempre tentar falar diretamente com o cliente insatisfeito, resolver o problema, e tentar que a avaliação seja alterada.

Estas são apenas 8 das dezenas de estratégias de marketing digital que a sua empresa pode implementar.

Temos a certeza que as mesmas vão ajudar não só a melhorar o relacionamento com o cliente, como também aumentar o volume de vendas.

Se quer implementar algumas destas estratégias de marketing, mas não sabe como fazê-lo, contacte-nos! Temos todo o gosto em ajudar.