Quem se aventura no mundo do empreendedorismo, deve estar atento às novas ferramentas de marketing. O marketing de conteúdo e a gestão de redes sociais são duas dessas ferramentas e têm cada vez mais impacto num negócio.

O que se iniciou como uma plataforma de interação pessoal, transformou-se numa poderosa arma de publicidade para os negócios.

Contudo, é ainda comum que muitas empresas olhem para esta gestão de forma simplista. Essa atitude muitas vezes compromete a eficácia dos negócios, pois a administração desta ferramenta é alocada a um profissional pouco qualificado.

É neste cenário que surge a figura do gestor de redes sociais, também conhecido como Community Manager. Este, é capacitado para garantir a correta utilização das mídias sociais, de forma a potenciar o desempenho dos negócios.

Assim sendo, e de forma a ajudá-lo a esclarecer um pouco mais este tema, iremos explicar-lhe quais são exatamente as responsabilidades de um gestor de redes sociais. Mas antes de tudo, o que são redes sociais?

Gestão de redes sociais: Mas o que são redes sociais afinal?

De forma prática as redes sociais são espaços virtuais que reúnem grupos de pessoas. Estas pessoas interagem entre si dentro desta plataforma, compartilhando ideias, interesses e conectando-se a novas pessoas.

As redes sociais começaram a popularizar-se e consolidaram-se no início dos anos 2000 com o boom da internet. Coube ao MySpace – lançado em 2003 – o papel de pioneirismo na expansão das redes. Mas, foi a partir do lançamento do Facebook, as redes sociais ganharam ainda mais notoriedade e adeptos pelo mundo.

Com o avanço deste mercado, não demorou muito para que as empresas olhassem para as redes sociais como uma oportunidade de crescimento.

Assim, hoje em dia a gestão de redes sociais é uma das suas estratégias de marketing mais eficaz. E, a mesma tem como objetivo estimular o relacionamento com seu target e alavancar as vendas.

Porém, para que as redes sociais sejam exploradas em todo o seu potencial, é importante que a sua gestão seja bem feita. É aí que entra a figura do gestor de redes sociais.

Qual o papel desempenhado pelo gestor de mídias sociais? 

Como já mencionamos anteriormente, as redes sociais tornaram-se um dos principais canais de comunicação entre as empresas e os seus clientes.

Assim, é simples entender que para este diálogo ocorrer de maneira assertiva é necessário um planeamento.

Para perceber melhor como tudo funciona explicamos-lhe de seguida a importância de um gestor de redes sociais no seu negócio e quais as tarefas que desempenha.

1 – Escolher as melhores redes sociais para o seu negócio 

Hoje, contamos com inúmeras redes sociais disponíveis, e, cada qual tem as suas próprias particularidades.

Cabe ao gestor de redes sociais analisar, testar e decidir quais as plataformas que vão gerar melhores resultados de acordo com o plano de marketing desenvolvido.

A par disso, quem realiza a sua gestão de redes sociais é também será responsável por inserir a marca em novos canais de comunicação.

2 – Definir o tom de voz e conhecer o público-alvo 

Uma das funções mais importantes do gestor de mídias sociais é estabelecer a linguagem de comunicação mais adequada ao negócio. Ou seja, deve saber se deve utilizar uma linguagem mais séria ou um tom mais informal.

Esta característica é definida tendo em conta a persona que a empresa deseja conquistar. Conhecendo a fundo o público-alvo é possível estabelecer a linguagem mais apropriada.

3 – Mediador digital na relação com o cliente 

Quer queiramos quer não, a verdade é que hoje em dias as redes sociais são um canal de comunicação. E, isso tanto pode ser bom para o negócio como pode ser devastador.

Se um cliente está insatisfeito, existe uma grande probabilidade de fazer uma crítica negativa num dos seus perfis. E, essa ação pode colocar em causa potenciais negócios.

Assim sendo, quando se trabalha a gestão de redes sociais, trabalha-se também a gestão de relacionamento com cliente. Ou seja, o gestor passa a ser o mediador entre o cliente (que pode estar ou não insatisfeito) e a empresa.

4 – Criar um calendário editorial e desenvolver conteúdos 

O gestor de mídias deve planear com antecedência o calendário mensal de publicações da empresa. A frequência de posts deve seguir uma consistência e periodicidade.

Para garantir a visibilidade do seu negócio, é importante evitar grandes lacunas temporais entre os posts.

Essa consistência só é mantida através da criação de conteúdos. Porém, não basta apenas publicar publicações sem um objetivo.

O conteúdo precisa ter valor e (imensa) qualidade agregada, além de ter de ser relevante para o público. E, é ainda importante respeitar as características de cada rede social.

5 – Desenvolver estratégias e ações promocionais 

O gestor trabalha diretamente com o target da empresa. Assim, ele é capaz de compreender de forma clara as necessidades e expectativas deste grupo.

Dessa forma, em conjunto com a equipa de marketing, estará mais preparado para idealizar campanhas e promoções. Tudo isso com o objetivo de gerar lucros e divulgar coerentemente a imagem da empresa.

6 – Analisar resultados das estratégias aplicadas 

Uma das atribuições fundamentais do gestor de redes sociais é saber medir os resultados das suas ações.

Através de uma verificação minuciosa, ele deve observar os pontos positivos e os que devem ser melhorados. Com isso, será possível desenvolver estratégias mais efetivas e com maior retorno.

7 – Inovar e estar aberto a novas possibilidades 

As transformações no mundo digital são constantes e esta é uma área ainda muito volátil. Por isso, é importante que o gestor esteja atento a estas mudanças no mercado digital.

A par disso, é importante pensar fora da caixa e apresentar soluções inovadoras e criativas.

Assim sendo, e tendo na sua posse todas estas informações, ainda acha que a gestão de redes sociais é uma tarefa simples? Será que está a conseguir potenciar ao máximo o seu negócio nestas plataformas?

Se precisar de algum apoio ou esclarecimento adicional, não hesite em contactar que teremos todo o gosto em ajudar.