O mundo do marketing digital é bastante dinâmico! E de tempos em tempos (ou como quem diz, quase todos os dias) surgem novidades que os empreendedores devem aprender a 07incorporar na sua estratégia para se manterem competitivos. E um dos pontos que é importante ter em conta são as hashtags.

Adoradas por muitos e odiadas por outros tantos, são uma ferramenta cada vez mais conhecida. Por isso, se utiliza o Instagram, temos a certeza que já se deparou com este símbolo – #.

O que muitos empreendedores não sabem é que, se bem utilizadas, podem auxiliar a impulsionar ainda mais um negócio.

Mas, sabe como utilizar uma hashtag na sua estratégia de marketing no Instagram? Se deseja aprender tudo sobre esta ferramenta, então continue a ler.

Hashtags: Como podem impulsionar o seu negócio?

Primeiramente, é importante compreender o que são as hashtags. Basicamente, este caractere transforma um termo num link, permitindo a indexação junto de outras publicações que utilizam o mesmo termo.

Comumente utilizadas no Instagram e no Twitter (e começam a ganhar relevância no Facebook), elas permitem a agregação de conteúdo. Isso é especialmente interessante pois facilita o ato de acompanhar ou participar em debates sobre determinado assunto.

A utilização deste recurso serve, portanto, como ferramenta de pesquisa. Ou seja, ao adicionar o símbolo e o termo (por exemplo #marketing), poderá encontrar publicações sobre este assunto.

É importante frisar que existem algumas “regras” a seguir na sua utilização. Falaremos sobre essa questão de seguida.

O que devo ou não devo colocar numa hashtag

Apesar de parecer simples, para que uma hashtag cumpra o seu objetivo precisa seguir algumas regras.

Entre os erros mais comuns estão o uso de muitas palavras juntas na mesma hashtag, ou o uso de uma # para cada palavra. Por exemplo:

#inserirmuitaspalavrasnumamesmahashtag pode ficar bastante confuso, certo? E acredite quando lhe dizemos que isso não o vai ajudar a alcançar os seus objetivos.

Além disso, #não #use #uma #hashtag #para #cada #palavra! Isso também dificulta a leitura, e pode causar confusão a quem está a ler. Utilize somente uma hashtag para cada termo que deseja destacar. Por exemplo: #findup #marketingdigital #empreender #comunicacao…

Além disso, é importante que as hashtags tenham relação direta com a publicação. O principal objetivo é que os utilizadores saibam exatamente o que vão encontrar ao clicar na mesma.

Tenha também em consideração que pode escrever uma hashtag com ou sem acentos ou caracteres especiais. A forma mais adequada irá depender do volume de pesquisa de cada uma delas. Por exemplo: #comunicacao (889 m de publicações) vs. #comunicação (1.2 M de publicações).

Hashtags como estratégia de marketing digital

Agora que já está a par das “regras de etiqueta” na utilização desta ferramenta, está na altura de perceber como esta o pode ajudar na sua estratégia.

1 – Esteja atento às hashtags com alto volume de publicações

Para conseguir dar mais visibilidade às suas publicações, é interessante pesquisar as hashtags com maior volume de publicações.

Dessa forma, os seus posts serão incluídos naquele assunto, garantindo que a sua persona o encontra com maior facilidade

Tenha, contudo, em conta que estas precisam ter relação com o segmento em que atua. De nada adianta trabalhar com maquilhagem e utilizar #roupa.

2 – Pondere a criação de uma hashtag específica

Existem momentos em que pode ser extremamente interessante criar a sua própria hashtag. Por exemplo, no caso de um concurso ou evento. Isso irá ajudar a encontrar todas as comunicações que forem feitas relativamente à sua marca.

Porém, nas suas publicações correntes não existe a necessidade de utilizar uma hashtag com a sua marca (#Findup). Isso porque, se é a única pessoa que a menciona, é sinal que não é amplamente pesquisada. Logo, não faz sentido utilizar.

3 – Melhora o alcance das publicações

No Instagram, é possível seguir tanto perfis quanto hashtags, e fazê-lo é bastante simples.

Comece por procurar o tópico que quer acompanhar ou clique sobre a hashtag numa publicação. Aqui irá ser redirecionado para uma página dedicada a essa hashtag. Depois, é só clicar no botão seguir.

Seguir uma hashtag vai permitir a visualização de publicações com essa marcação tanto no seu feed quanto nos stories. Portanto, é possível implementar este recurso como estratégia para melhorar o alcance do seu conteúdo. Ou mesmo como forma de analisar o que vai sendo publicado pela concorrência.

4 – Tenha cuidado com as hashtags bloqueadas

Pode parecer estranho, mas a verdade é que o Instagram bloqueou a utilização de algumas hashtags. Isso aconteceu devido à utilização imprópria das mesmas ou utilização para disseminação de conteúdos sensíveis. Ao utilizá-los, o Instagram vai “entender” que está a quebrar uma regra e poderá penalizar o seu perfil através da redução de alcance.

Algumas das opções que não pode utilizar são:

  • Iphone
  • Always
  • Medicina
  • Whastapp
  • Snapchat
  • Direct
  • Boatarde
  • MileyCyrus

5 – Tenha cuidado com o volume

A verdade é que o Instagram permite a utilização máxima de 30 hashtags. No entanto, não deve utilizar tantas.

Idealmente deve utilizar entre 12 e 20. Sendo que o rácio será entre:

  • 50% de hashtags generalistas (sobre aquele tema) com alto volume de pesquisa (entre 6 e 10)
  • 50% de hashtags mais específicas e com menor volume de pesquisa (entre 6 e 10)

6 – Coloque as # no primeiro comentário

Pode parecer estranho ou despropositado, no entanto deve colocar as suas hashtags no primeiro comentário da publicação.

Isso porque estas são um ponto de fuga do seu conteúdo. Logo, se for investir dinheiro na promoção do post, não deve dar a possibilidade ao leitor de sair por “engano”. Porque se o cliente carregar em alguma hashtag já não irá voltar ao seu conteúdo. Ou seja, irá gastar dinheiro sem qualquer tipo de retorno.

Como é possível perceber, as hashtags devem fazer parte da sua estratégia de marketing para o Instagram. Por isso, sempre que tiver um pouco de tempo livre, nada como ir pesquisando e anotando as mais interessantes.