É inegável que as redes sociais mudaram de forma drástica a forma como as empresas comunicam e as estratégias que adotam. Um desses casos flagrantes é o marketing de influência.

Num mundo onde cresce cada vez mais a oferta de produtos e serviços, há uma maior concorrência entre empresas. Assim, ter uma boa estratégia de marketing e uma boa proposta única de valor é essencial para alavancar os negócios.

Numa época tecnológica, o marketing digital tem se destacado, impulsionado pelas redes sociais, blogs e outras formas de gerar conteúdo. 

Duas das formas pelas quais o marketing digital tem inovado, é através do marketing de conteúdo e do marketing de influência. 

A primeira estratégia está facilmente ao alcance de qualquer empresa independentemente da sua dimensão ou área de atuação. Já a segunda deve ser implementada criteriosamente. 

Se não sabe muito bem como funciona, não se preocupe! Explicamos-lhe tudo de seguida. 

Marketing de influência: Sabe o que é?

Uma das perguntas mais comuns é “O que é o marketing de influência e para que serve?”. 

Marketing de influência – ou Influencer Marketing – é uma estratégia do marketing digital que envolve produção de conteúdo patrocinado por parte de pessoas com uma vasta rede de seguidores nas redes sociais.  

Os mesmos são chamados de influenciadores, já que são vistos com grande prestígio por um público extremamente interessado no seu conteúdo.

Estes produtores de conteúdo atuam como uma ponte entre a marca e o público por ele influenciado. 

Uma campanha de influência pode ter vários objetivos alocados. Podemos dizer que os principais são:

  • Agregar valor e confiança à marca
  • Conquistar novos clientes
  • Fidelizar os já existentes
  • Influenciar na decisão de compra 

O sucesso desta estratégia de marketing está no fato de que as pessoas se identificam e confiam no influenciador. 

Contudo, tal como dissemos anteriormente, nem todas as empresas devem investir nesta estratégia. Isso porque, além de ser uma estratégia dispendiosa, é preciso garantir que contratam alguém que tenha realmente influência na sua comunidade. 

Hoje em dia é muito simples comprar seguidores nas redes sociais (principalmente no Instagram). Por isso, é preciso algum cuidado antes de avançar. 

Porém, para grandes marcas ou em promoções estratégicas de marketing, um influencer pode ser uma mais-valia para a sua marca. 

Como implementar o influencer marketing no seu negócio 

O marketing de influência é capaz de transmitir, através de um “porta voz” com grande poder de liderança, informações que influenciem potenciais consumidores a favor de uma determinada marca. 

Conheça de seguida 8 formas de impulsionar o seu negócio através do marketing de influência.

1 – Trace o seu objetivo e conheça o seu público

O primeiro passo para qualquer estratégia digital é saber quais os objetivos que se pretende alcançar. Isto porque, uma campanha não funciona de forma isolada. 

Assim, defina o principal objetivo de marketing que a sua marca deseja alcançar. Feito isto, estude e pesquise o perfil do público-alvo que deseja alcançar. 

Isso é essencial para encontrar o influenciador que tem um perfil próximo ao da empresa. 

De nada lhe adianta ter um influenciador com milhões de seguidores, se os seus valores e os da marca não estão alinhados. 

2 – Encontre o melhor perfil de influenciador

A quantidade de seguidores de um influenciador não deve ser o único fator a ser considerado no momento da sua escolha. 

Como já mencionado, o influenciador cria um vínculo de afinidade e proximidade com o seu público. E, isso é influenciado pelo conteúdo que apresenta nas suas mídias sociais.

Assim, tendo estabelecido o objetivo da sua marca, você deve contratar o influenciador que mais se identifica com seu target. 

Além disso, ele deve utilizar uma linguagem compatível com a marca, procurando criar maior empatia no momento da divulgação.

3 – Poupe dinheiro com o marketing de influência

Até há algum tempo, as campanhas de marketing tradicionais eram desenvolvidas com personalidades ou celebridades. 

Era desenvolvido um criterioso plano de marketing onde as ações eram planeadas para dar maior credibilidade à marca através da popularidade de quem a divulgava. Mas, este modelo de marketing relacional tem a desvantagem de ter custos muito altos.

Isto porque é necessária a contratação de agências publicitárias que elaboram e implementam a campanha. Outra desvantagem que encarece o projeto é a contração de personalidades que cobram um alto valor para darem a cara pela marca.

Já com os influenciadores digitais, é possível criar uma ação com um custo mais baixo e alto retorno. Mas, tudo irá depender do influenciador com quem irá trabalhar. 

4 – Fácil acessibilidade aos potenciais divulgadores

Para se trabalhar com marketing de influência não é necessário dispor de um grande orçamento. Isso porque a contratação de influenciadores gera um custo consideravelmente menor (comparativamente a campanhas ditas tradicionais). 

O acesso a estes também pode ser prático e rápido, uma vez que pode entrar em contato diretamente com eles. 

É interessante observar também que ao se firmar parcerias com um influencer vai poder idealizar a sua campanha em conjunto com ele. Desse modo é possível alinhar todos os detalhes e expectativas para a divulgação.

5 – Estabelecer confiança na marca

Sempre que decidimos adquirir determinado produto, procuramos informações sobre a eficácia do mesmo com outras pessoas que já o utilizaram. Estas opiniões (positivas ou negativas) geram grande influência na decisão de compra.

Neste tipo de estratégia de digital marketing, os influenciadores têm uma elevada credibilidade junto da sua comunidade. Por consequência, transmitem maior confiança sobre o produto que estão a divulgar e promover.

A partir do momento que este público se torna consumidor, também terá o potencial de desempenhar o papel de promotor.

6 – Diversificação das plataformas de divulgação

Para se atingir o maior número possível de consumidores, é essencial utilizar todos os meios de divulgação disponíveis. 

Projetar uma campanha de marketing através de influenciadores é a melhor forma de se atingir essa meta.

Isso porque as redes sociais e canais de comunicação são as ferramentas de trabalho dos influenciadores. Os mesmos usam na maioria das vezes diversas plataformas digitais para divulgar o seu conteúdo.

Através de atualização constante e com uma boa gestão de redes sociais como Instagram, Facebook, YouTube ou Twitch a sua marca será observada por centenas de consumidores em simultâneo. 

7 – Maior produção de conteúdo

Compartilhar frequentemente conteúdo de divulgação da marca é fundamental em qualquer negócio. Contudo, nem sempre é simples desenvolver e implementar boas estratégia de content marketing

Através dos influenciadores, esse aspeto da divulgação será potencializado. Isso porque ele também estará a criar conteúdos para expor a marca.

Ou seja, além do conteúdo regular que será divulgado nas suas redes sociais, os posts do influenciador serão agregadas ao material já criado, trazendo novos conteúdos. 

Dessa maneira, a sua marca terá a capacidade de atingir um número ainda maior de pessoas.

8 – Reforça o posicionamento da marca

Resumidamente o marketing de influência tem a capacidade de ampliar o alcance e melhorar o posicionamento da sua marca. Isto acontece devido ao grande volume de partilhas e disseminação de informações na internet.

O seu produto, a sua história e soluções que sua marca oferece passam a ser mais difundidos na rede, e dessa forma terá maior êxito na consolidação da sua marca.

Por fim, para se obter sucesso, é fundamental fornecer conteúdos construtivos e altamente informativos. 

Além disso, deve manter um relacionamento próximo e cordial com o influencer, já que este atuará como embaixador da sua marca.